Há bisfenol em alimentos enlatados

Cuidado com as sopas enlatadas: as latas em que estão contidas são revestidas, de facto, com um composto químico, o bisfenol A (bpa), que se pode infiltrar nos alimentos e, portanto, acabar no corpo, com possíveis riscos à saúde. Este problema foi descoberto por um estudo realizado com 75 voluntários, publicado no “Jornal of the American Medical Association”

De fatco, a pesquisa mostrou que o bisfenol A foi rapidamente ingerido e encontrado em grandes quantidades na urina das pessoas examinadas. Na Europa, este composto foi banido dos biberões, mas ainda é usado em latas para evitar ferrugem e manter os alimentos frescos. Assim como pode ser contido em garrafas e latas de refrigerantes.

“Sabíamos que as bebidas armazenadas em garrafas plásticas duras – explica Jenny Carwile, coordenadora do estudo – poderiam aumentar a quantidade de BPA no organismo, mas agora mostramos que até os alimentos enlatados o contêm, e isso gera mais preocupações, considerando o amplo uso”.

No estudo, os pesquisadores pediram aos voluntários, divididos em dois grupos, que comessem uma sopa de legumes fresca e uma sopa enlatada uma vez por dia durante cinco dias. Depois de um fim de semana de folga, os grupos se inverteram. Os testes realizados na sua urina encontraram a presença de BPA em 77% das amostras após a ingestão de sopas frescas e em 100% das amostras após a ingestão de sopas enlatadas.

Comer uma sopa enlatada por dia aumenta a quantidade de bisfenol em até 20 vezes. A concentração média detectada foi de 1,1 microgramas/L após a ingestão da sopa fresca em comparação com 20,8 microgramas/L da enlatada.